LOGIN :
Blog - Quem polui, paga!

É uma questão de consciência

Ambiental mercado segurador Responsabilidade Seguros

Vivemos numa sociedade em que felizmente a preocupação com a sustentabilidade e o ambiente já não são a exceção mas sim a regra. Os consumidores ditam as normas e as empresas que não tenham a capacidade de se adaptar acabam por perder quota de mercado para além de verem a sua imagem denegrida na praça pública.

A reciclagem não pode nem deve ser a única medida que demonstre o compromisso ambiental das empresas. O conhecimento das consequências sociais ambientais que as suas atividades podem ter é fundamental para uma boa gestão de risco devendo fazer parte do seu ADN e consequentemente das suas boas práticas.

Os riscos ambientais estão por todo o lado e apesar de várias empresas já serem conscientes das suas vulnerabilidades e limitações, a grande maioria ainda não fazem ideia do quão expostas se encontram. A perceção de que apenas as que produzem, armazenam ou lidam com materiais perigosos correm o risco de causar danos ambientais já não é mais verdade.

Escritórios, hotéis, restaurantes, lavandarias ou mesmo até fábricas de conservas podem causar danos ambientais que, no limite, poderão colocar em causa a continuidade do seu negócio. Os elevados custos com limpeza e reparação ambiental, indemnizações a terceiros, apoio jurídico ou a gestão de crise que um sinistro acarreta retiram o foco intelectual e financeiro do negócio comprometendo o seu futuro.

Para além disso e por desconhecimento, diversas empresas assumem que as apólices que já têm contratado são suficientes. A realidade é que os produtos de Responsabilidade Civil Exploração e Multirriscos excluem os danos por poluição resultando numa lacuna de cobertura bastante significativa e decisiva em caso de sinistro.

A melhor forma de colmatar essa falha é optar por contatar um seguro de Responsabilidade Ambiental, cuja génese reside no cumprimento e adequação da legislação ambiental em vigor. Tal atitude, para além de prevenir e minimizar as possíveis perdas associadas a um dano ambiental, demonstra a importância que o meio em que vivemos tem para as empresas, trabalhadores e clientes.

Por Laura Tavares, Subscritora de Ambiental

Fale connosco