LOGIN :
Blog - Já parou para pensar que também é colecionador?

Já parou para pensar que também é colecionador?

Obras de Arte Seguros

O colecionismo é uma atividade cultural muito importante que resgata valores históricos e preserva momentos que tenderiam a desaparecer com o tempo. Sempre esteve presente na história da Humanidade representar pessoas, acontecimentos ou animais, entre outros temas.

Mas há quem afirme que colecionar é como ser um arqueólogo de si mesmo. É, antes de mais, uma busca para compreender-se, com o intuito de criar um museu de si próprio.

E porquê?

Porque o que colecionamos são normalmente objetos com memória cultural afetiva. São lembranças que remetem quase sempre para o nosso passado. São objetos que mexem com as nossas emoções, com o coração, e que guardamos de forma afetiva e com muito zelo.

Colecionar objetos pode ser desafiante mas, ao mesmo tempo, é uma ótima forma de passar o tempo. Para a grande maioria é uma atividade que se transforma em paixão. E assim, a cada segundo, nasce uma nova coleção no mundo.

O colecionismo começa sempre como um passatempo: o querer adquirir, com tempo, aqueles objetos que tanto gostamos. O objetivo de valorização vem normalmente em segundo plano. No entanto, se a coleção estiver bem preservada, esta poderá valer bastante no futuro.

As bonecas Barbie foram criadas em 1959 e estima-se existir cerca de um bilhão de bonecas produzidas. Também existem, mundialmente, mais de cem mil colecionadores de bonecas à caça dos itens mais raros. A Barbie de Stefano Canturi, por exemplo, foi vendida na famosa leiloeira Christie’s em Nova Iorque pelo valor de 302.500 dólares. Trata-se da Barbie mais cara do mundo.

Se parar para pensar verá que todos colecionamos algo: discos em vinil, carros em miniatura, postais, sapatilhas, caixas de fósforos, máquinas fotográficas, soldadinhos de chumbo, cadernetas de cromos, bonecas de porcelana, livros, pins, bandas desenhadas e figuras de filmes, entre muitos outros.

Algumas coleções são mais comuns, outras podem ser bastante insólitas. Mas todas fazem sentido para o colecionador.

Há quem faça coleção de pacotes de açúcar. Afinal, todos tivemos uma tia, ou uma avó, que guardava esses mesmos pacotes numa caixa de metal. Talvez nessa altura fosse mais uma questão de acumulação que colecionismo mas, se tiverem guardado uma variedade de pacotes antigos, de marcas diferentes e com imagens diferentes, pode ser considerado uma coleção como outra qualquer. Hoje em dia a periglicofilia – colecionismo de pacotes de açúcar – tem diversas comunidades online e existem encontros em várias partes do mundo.

Se perguntarem o que podem ser consideradas coleções? Na realidade, tudo! Tudo se pode transformar em coleção.

 

Por Caroline Fernandes, Responsável de Subscrição do projeto Innova|GO

Fale connosco