LOGIN :
Paulo Gestor Rede

Conheça o Paulo Oliveira – Gestor de Rede

Equipa innovarisk mercado segurador

Quando é que integraste a equipa da Innovarisk?

Dia 1 de Junho de 2021.

E como é que ficaste a saber da existência da Innovarisk?

Já tinha ouvido falar da Innovarisk, contudo associava principalmente à Hiscox, a seguros de Arte e de nicho. Entretanto ao ser contactado para uma entrevista e após uma pesquisa sobre a empresa, percebi que ia muito além disso.

O que mais te chamou a atenção para optares pela Innovarisk?

Sem dúvida a possibilidade de fazer parte de um projeto em crescimento, numa empresa que valoriza “as suas pessoas”, que nos possibilita crescer (quer a nível profissional, quer a nível pessoal) e que tem um projeto bem definido.

Define a Innovarisk numa palavra.

Confesso que não é fácil utilizar apenas uma palavra para definir a Innovarisk, mas aceitando o repto diria Autenticidade.

O que mais gostas no teu trabalho?

Da proximidade com as pessoas. Estamos em permanente contacto com os nossos parceiros, seja para ajudar a encontrar uma solução para os seus clientes, seja para ajudar com questões mais técnicas ou administrativas. Internamente também existe esta proximidade com toda a equipa. Rapidamente falamos com um colega ou chefia de forma a esclarecermos uma dúvida ou arranjar uma solução. O bom ambiente da Innovarisk e a facilidade de comunicação (interna e externa) permite que rapidamente se resolva qualquer questão.

Desde que estás na Innovarisk, que diferenças podes apontar na tua vida profissional?

Sem dúvida o conhecimento, na Innovarisk trabalho com ramos diferentes do que trabalhava até então, pelo que estes 9 meses têm sido de muita aprendizagem.

Como gostarias de ver a empresa daqui a 10 anos?

Com toda a certeza será uma empresa maior, com mais colaboradores. Apesar de tudo o que este crescimento nos possa trazer, gostava que mantivéssemos os nossos valores e ideais, o espirito entre colegas, e a proximidade e presença junto dos nossos parceiros.

Não poderei deixar de referir o nosso Portal Innova|GO, que espero daqui a 10 anos seja uma referência para os nossos parceiros e no mercado segurador.

O que mais te fascina no mundo dos seguros?

A imprevisibilidade e contínua necessidade de adaptação por parte das seguradoras é algo que me fascina. Por exemplo, o progresso tecnológico, as alterações climáticas, as profissões emergentes, são tudo questões que obrigam as seguradoras a pensar os seguros de outra forma, tentando adaptar-se e garantir aos clientes um produto que vá ao encontro às suas necessidades. A inovação é importante para não se “perder o comboio”.

Que diferenças existem para ti entre o mercado segurador e os restantes mercados?

Esta resposta entronca um pouco na anterior, mas sem dúvida o facto de a maioria dos seguros ser algo “abstrato”, não palpável e que o cliente possa usufruir no imediato (salvo algumas exceções) é uma das principais diferenças. Por norma apenas aquando da participação de um sinistro, é que temos a real perceção da importância dos seguros. O estarmos ao lado do cliente num momento de “aflição” e que de alguma forma se encontra mais fragilizado, fará toda a diferença.

Que diferenças existem na Innovarisk em relação às tuas experiências profissionais anteriores?

Conforme referi anteriormente o facto de ser uma empresa mais pequena permite fazer parte do crescimento da mesma, permitindo também que nos sintamos mais próximos de toda a equipa. Rapidamente conseguimos falar com um colega, responsável, coordenador ou diretor. Na Innovarisk sinto também uma preocupação em dar-nos a formação e ferramentas necessárias para que possamos desenvolver o nosso trabalho da melhor maneira possível.

Que conselho darias a um futuro profissional que pensa iniciar a sua carreira no setor segurador?

Que venha com vontade de aprender e crescer. Neste ramo existe muito por onde escolher, inúmeras possibilidades profissionais.

Como ocupas o teu tempo livre?
Por norma aproveito o meu tempo livre das formas mais “comuns”, gosto de cinema, ouvir música, desporto, mar e quando possível viajar.

Fale connosco