LOGIN :
Kathrin Schneider Innovarisk

Conheça a Kathrin Schneider – Coordenadora de Marketing & RH

Equipa innovarisk mercado segurador

Quando é que integraste a equipa da Innovarisk?

Estou na Innovarisk desde o primeiro dia, vinda da Hiscox, onde trabalhava como consultora da comunicação.

E como é que ficaste a saber da existência da Innovarisk?

A entrada na Innovarisk foi um processo natural pois estava na Hiscox e na altura fui convidada pelo Gonçalo Baptista a juntar-me à equipa para desenvolver a área de marketing.

O que mais te chamou a atenção para optares pela Innovarisk?

O desafio de criar de raiz a área de marketing e, posteriormente, desenvolver a área de gestão de recursos humanos.

Define a Innovarisk numa palavra.

Equipa.

O que mais gostas no teu trabalho?

Quem trabalha em Marketing está habituado a não ter muitas rotinas e estar sempre perante novos desafios internos e externos. Este é eventualmente o fator essencial que me faz gostar tanto do trabalho que desenvolvo. Sou genuinamente uma pessoa de desafios e de encontrar soluções.

Desde que estás na Innovarisk, que diferenças encontras no teu percurso profissional?

Na Innovarisk tive a oportunidade de acompanhar uma empresa do zero, de desenvolver uma área e de potenciar o desenvolvimento de outra. Passados 9 anos olho para onde me encontro e sinto-me genuinamente feliz. Em termos de realização profissional é uma tríade quase perfeita. E não é perfeita porque sou exigente e acho que podemos e devemos fazer sempre mais e melhor.

Como gostarias de ver a empresa daqui a 10 anos?

Mantendo o ritmo e o crescimento sustentável que temos vivido, preservando sempre o que nos torna únicos no mercado, através das pessoas, dos produtos e do serviço que prestamos.

O que mais te fascina no mundo dos seguros?

A possibilidade de impactar diretamente, e de forma positiva, a vida das pessoas num momento de fragilidade, porque perderam a sua casa ou o seu negócio. No caso particular do marketing, a possibilidade de contribuir para que as pessoas saibam mais sobre seguros e sobre os produtos que comercializamos, quer da parte dos brokers, através de forte investimento em ações de formação e de divulgação, quer da parte dos clientes com a produção de conteúdos relevantes sem serem em “segurês”. Sinto que temos as ferramentas para fazer a diferença e para contribuir para uma sociedade mais bem informada.

Para ti que diferenças existem entre o mercado segurador e os restantes mercados?

Não obstante pensar que qualquer mercado tem uma razão de ser no mundo, porque existe a necessidade e a procura, o mercado segurador é essencial para que todos os mercados funcionem, ou seja, somos uma das peças que faz com que o motor não pare.

Antes de trabalhar em seguros, e mesmo tendo tido um Avô que trabalhou nesta área, era um tema sobre o qual só pensava pontualmente. Aliás, como a grande maioria das pessoas.

Hoje em dia sei que os seguros são essenciais para que as pessoas tenham uma vida segura, as empresas mantenham a sua atividade e o mundo continue a girar. Os seguros são vitais para a nossa sociedade e não devem ser encarados como um mal necessário, antes sim, como algo que existe para nos ajudar, para nos dar segurança, para nos proteger do imprevisto.

Não paramos para pensar o que seria do mundo se não houvesse, extrapolando, quem segurasse catástrofes ou até, à nossa dimensão individual, a goteira que entope e causa uma inundação na casa do vizinho. É um desafio e um gosto especial trabalhar nesta área. Mostrar que os seguros não são, nem têm que ser cinzentos.

Que diferenças existem na Innovarisk em relação às tuas experiências profissionais anteriores?

Uma parte significativa da minha vida profissional foi passada a trabalhar produtos para nichos de mercado, mas penso que este é dos poucos pontos em comum com a Innovarisk. Desde que integrei a equipa, a minha vida mudou, tendo construído um trajeto do qual me orgulho e contribuído para o crescimento de uma empresa excecional e única no mercado. O facto de ter estado no projeto desde o seu início é um fator determinante.

Que conselho darias a um futuro profissional que pensa iniciar a sua carreira no setor segurador?

O setor segurador é muito mais interessante e abrangente do que pode parecer à primeira vista, com a vantagem de ser uma área em que há espaço para todo o tipo de experiência universitária ou profissional. Aqui podemos, efetivamente, fazer a diferença.

Como ocupas o teu tempo livre?

Leio muito, mesmo muito. Sou uma ávida consumidora de livros (quase sempre em língua alemã), com um particular interesse por thrillers nórdicos e alemães. À par disso não sei viver sem música e, claro, vejo muitas séries e filmes e, sempre que possível, viajo.

Fale connosco