LOGIN :
Blog - A falsa eliminação de risco

A falsa eliminação de risco

Arte Obras de Arte Patrimoniais Segurança Seguros

Os museus estiveram fechados para visitas assim como grande parte do comércio não essencial. Será que o risco desapareceu durante esse período e o seguro podia ter sido suspendido? Não é bem assim.

Se por um lado é verdade que sem visitantes há menos probabilidade de ocorrerem danos acidentais, também é verdade que outros riscos aumentam. Uma rotura de canalização, uma infiltração, ou um curto-circuito podem passar despercebidos e serem detetados bem mais tarde causando maiores danos. O facto de estar desocupado por um longo período, por vezes sem vigilância 24 horas mesmo que com alarme ligado, dá mais tempo a ladrões para planearem e prepararem um assalto, como de resto já aconteceu com o roubo de um Van Gogh no Museu Groninger, na Holanda.

Aliás, a maioria dos grandes assaltos ocorrem durante os períodos de encerramento.

Para além disso existem atividades que não deixaram de ser efetuadas nestes museus: desde o restauro de peças (feito com recurso a menos restauradores mas ainda assim necessário), passando pela limpeza dos espaços (existindo assim a possibilidade de um dano acidental fortuito causado por um funcionário), até ao fotografar de obras para catálogos e, porque não, para apresentar nas visitas virtuais ao museu. E todas elas precisam de cobertura para o caso de correrem menos bem.

Finalmente, a maioria dos museus têm em depósito peças que pertencem a muitas pessoas que confiaram nessas instituições para cuidarem das suas obras. O facto de o museu estar encerrado ao público não diminui a sua responsabilidade perante esses depositários de efetuar a manutenção das mesmas, nem a sua obrigação de garantir que, em caso de um azar com as suas peças, estes serão ressarcidos.

Não se deixem iludir. Os riscos existem sempre, sendo que as várias condicionantes existentes ao longo do tempo podem aumentar uns e diminuir outros. É por isso importante estar seguro com uma apólice com uma cobertura do tipo todos os riscos de uma seguradora especialista, que garanta, mesmo em tempos incertos, que está bem protegido.

Por Filipa Peres, Subscritora de Patrimoniais

Fale connosco